Aos 81 anos, Pelé é obrigado pela Justiça a fazer teste de paternidade

0
43

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, foi obrigado pela Justiça de São Paulo a fazer um teste de paternidade. O material genético do Rei do Futebol será coletado na casa do ex-jogador de futebol. Entretanto, o Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc) ainda vai determinar o dia e a hora para o astro ser cobrado.

Dessa maneira, o tricampeão mundial ainda não foi citado oficialmente e poderá acionar seus advogados caso não queira colaborar. A Justiça ainda vai intimar Pelé, pessoalmente, a estar em um dia e horário específico para a coleta do material genético. A informação é do Notícias da TV.

O caso corre na 1ª Vara da Família e Sucessões do Foro Regional VII de Itaquera (SP) e teve decisão emitida pelo fórum do Guarujá, em São Paulo. A ação foi registrada por Maria do Socorro Azevedo na Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

“Ressalte-se que se trata apenas de coleta, pois a perícia ocorrerá em comarca diversa, e solicitamos que o material coletado seja diretamente enviado ao juízo deprecante”, informa o juiz Renato Zanela Pandin e Cruz Gandini.

O Metrópoles entrou em contato com a assessoria de imprensa de Pelé, que não se pronunciou sobre o caso até a publicação desta matéria. O espaço segue aberto para atualização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui