17 maio 2024

Começa julgamento de homem que matou a esposa após ela descobrir traição no Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Começou nesta terça-feira (14) o julgamento de Hitalo Marinho Gouveia, de 33 anos, que matou a esposa Adriana Paulichen em julho de 2021 após ela descobrir traições. O júri popular ocorre na 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Miliar, em Rio Branco, a partir das 8h.

O julgamento deve durar três dias: terça (14), quarta (15) e quinta-feira (16). Desde 19 de outubro de 2021, o processo está em segredo de Justiça. A defesa de Hitalo não se posiciona publicamente sobre o caso.

O acusado foi denunciado pelo crime de homicídio qualificado por feminicídio, recurso que dificultou a defesa da vítima e motivo torpe. Ele segue preso no Complexo Penitenciário de Rio Branco.

A pronúncia a júri popular do acusado ocorreu em março do ano passado e, segundo informou o promotor de Justiça do caso, Efrain Enrique Mendoza, a defesa ainda recorreu para que ele respondesse por homicídio simples e, assim, não passaria por júri popular. No entanto, a decisão foi mantida.

via G1

Veja Mais