18 julho 2024

Ministério público do acre inicia investigação sobre irregularidades no pronto-socorro de Rio Branco

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

O Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) tomou medidas para investigar possíveis irregularidades no Pronto-Socorro de Rio Branco. O processo teve início em 2022 e, devido à necessidade de aprofundamento das apurações, foi instaurado um procedimento administrativo. O objetivo é investigar a ausência de medicamentos, a escassez de profissionais de saúde e a situação de pacientes nos corredores da unidade hospitalar.

O promotor de justiça Ocimar Junior ressaltou a importância desse procedimento para acompanhar e esclarecer os fatos mencionados na Notícia de Fato nº 01.2023.00001369-2, que destaca as irregularidades no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (HUERB).

Dado o caráter permanente das possíveis irregularidades, o órgão controlador definiu um prazo inicial de um ano para a vigência ordinária da investigação, com a possibilidade de prorrogação. Ao final de cada período, será elaborado um relatório circunstanciado para avaliação dos resultados obtidos.

segundo informações do Ac24Horas.

Veja Mais