18 julho 2024

Acidente de moto compromete participação de jovem no Enem

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

O adolescente Pedro Augusto de Souza Pedrosa, de 15 anos, enfrentou uma reviravolta inesperada ao não conseguir chegar ao local de prova do Exame Nacional do Ensino Médio 2023 (Enem) neste domingo (12). Ele estava a caminho da Escola Antônio Padre Diogo Feijó, no Conjunto Abraão Alab, quando um acidente de moto com o pai mudou drasticamente seus planos.

No Acre, cerca de 16 mil candidatos estão habilitados a realizar a prova, buscando uma vaga no ensino superior. No entanto, 33,2% dos inscritos não compareceram no primeiro dia. Embora não haja impedimentos específicos, os candidatos não podem zerar nenhuma área do conhecimento.

O acidente ocorreu quando a moto conduzida pelo pai do adolescente colidiu com um carro na Estrada Dias Martins, no bairro Distrito Industrial. Ambos caíram no chão, sofrendo escoriações, e foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), sendo encaminhados para o Pronto Socorro de Rio Branco.

Pedro Augusto, que fazia sua primeira prova do Enem como ‘treineiro’, relatou que machucou a mão esquerda e sofreu escoriações pelo braço e ombro. Seu pai permanece internado em observação devido a lesões nas costas e no tórax.

“São alguns machucados leves, mas doem ainda. A motorista não deu a seta, virou de uma vez, meu pai não viu e a gente acabou batendo e caindo. Meu pai está sentindo muita dor e está internado”, disse o adolescente.

Mesmo ansioso para as provas de ciências da natureza e suas tecnologias, Pedro Augusto lamentou que, mesmo se tivesse participado do Enem, não teria condições mentais de responder devido ao ocorrido. Ele expressou a preocupação com o pai e revelou o desejo de refazer o Enem, sonhando em se formar em medicina.

A mãe do adolescente, Maria Ednilse Breme, professora de educação física, explicou que planejava buscar o filho no colégio após as provas e foi surpreendida pela ligação sobre o acidente.

“O pai dele ia levá-lo, e eu buscá-lo. Nem sei como cheguei lá [no local do acidente] tão rápido. A preocupação era saber como ele estava, ficou muito nervoso por conta do pai. Agora é só agradecer pelo livramento.”

Quanto ao Enem 2023 no Acre, 24.278 estudantes se inscreveram este ano, e o estado registrou a maior taxa de faltosos do país no primeiro dia, com mais de 8 mil inscritos ausentes. Aqueles que perderam o exame na semana passada podem realizar a segunda prova sem nenhum impedimento. Neste domingo, os estudantes enfrentam as provas de ciências da natureza e suas tecnologias, com 45 questões de química, física e biologia, além da avaliação de matemática, com mais 45 questões.

Veja Mais