19 junho 2024

Polícia Federal desarticula esquema de desvio de R$ 1,7 bilhão em verbas do SUS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Nesta terça-feira (30), mais de 150 policiais federais, 13 servidores da Receita Federal e 10 da Controladoria-Geral da União (CGU) participaram de uma operação que desmontou um esquema criminoso envolvendo desvios de verbas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS) no valor de R$ 1,7 bilhão. A ação resultou em 49 mandados de busca e apreensão em 33 endereços que tinham 42 alvos.

Os mandados foram cumpridos principalmente no estado do Pará, com operações em Belém, Benevides, Parauapebas, Ananindeua, Santa Maria do Pará e São Miguel do Guamá, além de um endereço em Barueri, São Paulo.

As investigações revelaram indícios de crimes licitatórios, repasses irregulares para servidores públicos de várias prefeituras paraenses, lavagem de dinheiro através de empresas de fachada e evasão de divisas em paraíso fiscal.

Segundo informações da CGU, a empresa principal envolvida na investigação atua no ramo de saneamento urbano no Pará e em outras regiões, movimentando quantias atípicas de R$ 1,7 bilhão entre 2017 e 2022.

A 4ª Vara Federal Criminal do Pará determinou o sequestro de bens dos investigados no valor máximo de R$ 1,7 bilhão para garantir a restituição dos valores desviados aos cofres públicos.

A operação visa esclarecer os fatos criminosos e responsabilizar individualmente os envolvidos após a análise minuciosa do material apreendido durante as buscas.

Com informações da CNN Brasil.

Veja Mais