17 julho 2024

Acre registra quase 900 roubos nos primeiros cinco meses de 2024; celulares são os principais alvos

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Entre janeiro e maio de 2024, o Estado do Acre contabilizou 890 casos de roubo, conforme dados do Observatório de Análise Criminal, plataforma do Núcleo de Análise Técnica (NAT) do Ministério Público local. A maior concentração de ocorrências ocorreu em Rio Branco, que registrou 69,77% dos casos, enquanto Manoel Urbano teve a menor participação, com apenas 0,11%.

Os números revelam que em 59,45% dos casos de roubo, equivalente a 387 ocorrências, os celulares foram os itens mais visados pelos criminosos. Em seguida, estão motocicletas, bolsas e dinheiro. Os dias com maior incidência de roubos foram terças, quartas e sextas-feiras. Em Rio Branco, os bairros com maior número de ocorrências foram Centro, Belo Jardim II e Bosque.

Quanto ao uso de armas, 310 ocorrências envolveram armas de fogo, enquanto 115 foram com armas brancas. Os veículos mais utilizados nos assaltos foram motocicletas, com 207 registros, seguidas por bicicletas em 41 casos.

Itens menos frequentemente roubados incluem automóveis, cordões, relógios e bicicletas.

(Informações com base o site Contilnet).

Veja Mais