17 julho 2024

Enchentes no Rio Grande do Sul já contabilizam 180 mortos e 32 desaparecidos

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Após mais de dois meses desde o início das intensas chuvas no Rio Grande do Sul, a Defesa Civil estadual atualizou o número de vítimas fatais para 180, com 32 pessoas ainda desaparecidas. Os temporais afetaram severamente 478 municípios, resultando em 806 feridos e impactando cerca de 2,3 milhões de pessoas.

As cidades mais atingidas incluem Canoas, com 31 mortes registradas, seguida por Roca Sales (14), Cruzeiro do Sul (12), Bento Gonçalves (11), Caxias do Sul e São Leopoldo (ambas com nove). Os desaparecidos concentram-se principalmente em Lajeado (5), Cruzeiro do Sul (5) e Bento Gonçalves (4).

Para ampliar a prevenção de novos desastres, a população pode se cadastrar para receber alertas meteorológicos da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, enviando o CEP da localidade por SMS para o número 40199 ou registrando-se via WhatsApp pelo telefone (61) 2034-4611.

Esta versão da notícia destaca os números atualizados das enchentes no Rio Grande do Sul e informações sobre o cadastro para alertas meteorológicos.

(informações com base na Agência Brasil).

Veja Mais