Após ampliação, presos são remanejados para novos pavilhões da penitenciária de Sena

0
196

Por Ianca Costa

Agentes penitenciários de Sena Madureira com apoio do grupamento tático do IAPEN iniciaram hoj
e (04) o processo de transferência de presos às novas Alas da unidade prisional Evaristo de Moraes, inauguradas recentemente. De acordo com a coordenação de segurança, 4 novas Alas vão receber cerca de 350 presos que até então dividiam celas superlotadas.

O diretor da UPEM, Valquer Oliveira, afirmou que foram estabelecidos alguns procedimentos. “Estamos seguindo orientações de portarias institucionais, como por exemplo, a proibição da  entrada de cigarro e roupas que não estejam de acordo com o uniforme padrão”, ressalta.

A direção informou ainda que por conta da mudança que terá sequência por toda esta semana, às visitas estão suspensas nos blocos 1, 2, 5 e 6, voltando a normalidade somente na próxima semana. “Para asssegurar às mudanças, informamos oficialmente a promotoria de justiça e o juiz de execução penal”, disse Valquer.

Neste primeiro momento foram remanejados presos que estavam no bloco I, totalizando 111 internos. Às novas Alas irão diminuir significativamente o déficit de vagas.

O diretor acrescentou que a mudança ocorre com o emprego de cerca de 80 agentes penitenciários e não houve incidentes neste primeiro dia. “Adotamos todos os procedimentos de segurança e a transferência se deu da melhor maneira possível. Agradeço o empenho de todos os agepens que atenderam a nossa convocação e mesmo na folga vieram nos ajudar, aguardamos a presença de todos para as próximas transferências”, finalizou.

A construção de dois novos blocos contendo 4 Alas foi motivada pelo aumento significativo do número de presos em Sena Madureira, que atualmente é de aproximadamente 560 internos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui