Visitante recheada de entorpecentes é interceptada na entrada da penitenciária de Sena

0
129

A chamada visita familiar deste domingo (09), começou com uma apreensão de maconha e cocaína, na entrada do presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira. Maria Antônia Pires da Silva, foi flagrada pela guarda da unidade tentando entrar com várias porções de droga dos tipos maconha e cocaína. Ela recebeu voz de prisão e, juntamente com o ilícito foi conduzida a delegacia de polícia civil para os procedimentos de autuação.

De acordo com a guarda de plantão, nos últimos meses com o aumento da população carcerária, cresceu também as tentativas de entrada de produtos proibidos para os apenados, tais como celulares e droga.

No caso de Maria Antônia, ela demonstrou um certo nervosismo e diante da experiência dos agentes penitenciários, a revista pessoal foi intensificada.  A mulher só confessou o ilícito mediante o anúncio de condução ao pronto socorro para averiguação no Raio-X.

“Nesse momento a acusada falou que não iria, pois não queria passar vergonha e decidiu entregar espontaneamente a droga que levava em suas partes íntimas”, disse uma agente.

Antes de entrar na unidade, os visitantes passam por revista pessoal e pelo portal de Raio-X. O procedimento visa coibir a entrada de objetos proibidos no interior do presídio, que contabiliza quase 600 presos, o maior número de reclusos de todos os tempos.

Aldejane Pinto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui