Paralisação do ‘Mais Médicos’ pode causar 100 mil mortes precoces no Brasil

0
99
27 Abr de 2019 do YacoNews 
Dados de duas pesquisas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em colaboração com pesquisadores da Universidade Stanford, nos EUA, e do Imperial College, em Londres, mostram que o Brasil pode registrar 100 mil mortes consideradas evitáveis até 2030 em consequência de uma eventual paralisação do programa Mais Médicos e do congelamento dos gastos federais na atenção básica de saúde no país, com o teto de gastos.

 Segundo a jornalista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, um dos estudos analisou dados de 5.507 municípios brasileiros em uma projeção de 2017 até 2030. O levantamento não inclui os óbitos em maiores de 70 anos. “De acordo com a pesquisa, as principais causas de morte seriam em decorrência de doenças infecciosas e deficiências nutricionais”, diz a jornalista. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui