Furto à Igreja Matriz completa 30 dias e crime continua em fase de investigação

0
75

01 Mai de 2019 do YacoNews
Por Aldejane Pinto


 O arrombamento à Igreja Matriz de Sena Madureira, que revoltou a comunidade, completa nesta quarta-feira (1° de maio) um mês e até o presente momento ninguém foi preso. Na ocasião, larápio quebrou uma janela, furtou dois televisores, queimou pedidos de fiéis que estavam ao lado do túmulo do Padre Paolino e tentou atear fogo na imagem de Jesus crucificado, no altar.

 O Pároco da Igreja, Frei Moisés Oliveira, lamentou o ocorrido e comunicou o fato à polícia que esteve no local e colheu informações, mas, passado um mês o arrombamento segue em  mistério.

 De acordo com informações extra-oficiais, imagens colhidas pela polícia identificou um suspeito, que já tem passagens pelo sistema penitenciário, no entanto, o infrator permanece impune. 

 Diante da falta de resposta, moradores começam a manifestar indignação e cobram providências, afirmando que é inadmissível a impunidade diante de tamanho afronta ao templo. “Uma resposta rápida e exemplar mostraria que o estado não tolera nenhum tipo de impunidade e intolerância religiosa, mas infelizmente, até agora não tivemos um resultado das investigações”, disse um anônimo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui