Investigação sobre explosão de barco no Acre será prorrogada; cinco morreram e 18 ficaram feridos

0
17

09 Jul de 2019 do YacoNews 
Por Juliana Cézar Nunes da EBC


Polícia Civil do Acre quer mais prazo para concluir a investigação sobre o barco que explodiu no Acre há um mês. Cinco pessoas morreram e 18 ficaram feridas.

 Serão mais 30 dias de investigações.

 Antes de concluir o inquérito, a polícia quer ouvir testemunhas que ainda estão internadas, entre elas o dono da embarcação.

 O barco transportava mercadorias, passageiros e combustíveis para as cidades de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, no Acre.

 O delegado responsável pelo caso, Lindomar Ventura, afirma que as causas e os responsáveis pelo acidente serão apontados, mas já é possível adiantar o erro principal.

 Sonora: “A nossa região, a região amazônica, é uma região bastante ampla, e certamente os rios são utilizados para transporte de diversas mercadorias, inclusive combustível. Mas, devemos apontar esse erro de transportar material inflamável com passageiros. Esse erro custou a vida de pessoas.”

 As investigações também indicam falta de manutenção no barco, que estaria com cabos soltos e problema na bateria. Essas falhas teriam provocado a fagulha que desencadeou a explosão.

 Em nota, a Marinha, que também investiga o caso,  diz que não divulga informações parciais para não comprometer o inquérito.

Nas últimas semanas, a Polícia Civil do Acre, a Marinha e o Ministério Público reforçaram as ações de fiscalização e controle para evitar novos acidentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui