Nomes de responsáveis pela fuga de 26 detentos do FOC serão divulgados pela segurança pública do Acre

0
34

25 Jan de 2020 do YacoNews
Por Thais Farias

O secretário de segurança pública do Acre estava fora do estado – em tratamento de saúde do filho – quando aconteceu a fuga dos 26 detentos do presídio Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco, e também quando ocorreram os crimes que eclodiram imensa insatisfação da população quanto à sensação de insegurança na capital acreana. De volta ao estado, ele concedeu uma entrevista afirmando ser inadmissível uma fuga em massa como essa que ocorreu na capital, tendo em vista o aparato de policiais em serviço no presídio.
De acordo com o coronel, diversos inquéritos foram abertos para apurar como se deu a fuga dos presos. Essas investigações “estão sendo conduzidas de forma responsável”, disse Paulo Cézar. “Não admitimos uma fuga de tamanho porte no sistema [de segurança]”, completou o secretário.
Segundo a secretaria, os responsáveis vão ser apresentados em tempo hábil. “Não é admissível uma fuga desse porte e os culpados vão ser responsabilizados. Compete ao sistema realizar um inquérito e apurar dentro do seu tempo”, garantiu Cézar.
O objetivo da segurança pública, agora, é identificar as responsabilidades da fuga e a quem cabe ser penalizado. Durante a semana, algumas medidas foram tomadas na tentativa de investigar o paradeiro dos fugitivos e evitar novas fugas nos presídios. Até agora, somente oito detentos foram recapturados e 18 ainda seguem foragidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui