Fiscais do trabalho recuperam R$6 bi de FGTS não pago ao trabalhador

0
30

02 Jan de 2020 do YacoNews
Lucas Podeus Leon da EBC


Os fiscais do trabalho recuperaram mais de R$6,3 bilhões de reais de FGTS não pago ao trabalhador em 2019. É o maior volume de recursos recuperados da série histórica, 21% a mais que o devolvido ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço em 2018.

 Os dados são da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. O dinheiro voltou aos cofres do fundo após mais de 46 mil ações de fiscalização em empresas, sendo 24% dos mais de R$6 bilhões recuperados só de grandes devedoras do FGTS.

 A professora de direito do trabalho, Fernanda da Rocha Teixeira, conta que é muito comum o não pagamento do FGTS pelos patrões.

 A especialista aconselha que o funcionário verifique sempre se o dinheiro do FGTS está sendo depositado. Ela  acredita que o total recuperado seja só uma fração do que é negado aos trabalhadores.

 A professora Fernanda da Rocha Teixeira lembra ainda que existe o prazo de cinco anos para pedir a reparação do FGTS não pago. Caso contrário, a infração prescreve.

O recolhimento do FGTS é um direito dos trabalhadores e uma das obrigações dos empregadores. O valor corresponde a 8% da remuneração paga no mês anterior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui