Quase 10 mortes por homicídio e acidentes foram registradas nos 8 dias de fevereiro no AC

0
36

08 Fev de 2020 do YacoNews
Por Saimo Martins


Dados levantados pela reportagem do ContilNet neste sábado (8) mostram que 9 pessoas foram mortas no Acre, nos oito primeiros dias do mês de fevereiro. As mortes ocorreram por acidentes de trânsito e crimes violentos. Houve também várias tentativas de homicídios.


Seis homicídios foram registrados. As vítimas são:

– José Lenes Gonçalves, de 35 anos, que foi morto com 17 facadas no domingo (2). O corpo dele foi encontrado próximo de um igarapé no Loteamento Delcimar, na Vila do Incra, zona rural do município de Porto Acre.

– O 2° tenente da Polícia Militar do Acre, Amarildo Cordeiro, que foi baleado durante um assalto na noite de segunda-feira (3), em uma rua próxima a um supermercado no bairro Xavier Maia, em Rio Branco. O oficial morreu no Pronto Socorro da capital.

– Jhemisson Oliveira da Silva, de 29 anos, que morreu na sala de cirurgia do pronto-socorro de Rio Branco, horas depois de ter dado entrada em estado gravíssimo por ter sido ferido a golpes de faca na Rua Antônio Boto, no Bairro Aeroporto Velho, região da Baixada da Sobral.

– A chilena Karina Constansa, de 23 anos, que foi assassinada com sete facadas na noite de sábado (1) na Amadeo Barbosa.

– Everson Carvalho Brandão, de 35 anos, que foi morto a tiros, na Rua Monte Sinai, no Loteamento Santa Helena.

– O ex-presidiário Willian Pereira Lima, de 21 anos, que foi morto com vários tiros na noite de quarta-feira (5), enquanto conversava com amigos na Travessa Nova Aliança, no Loteamento Santa Helena, na região do Segundo Distrito.

Mortes por acidentes: 


O motociclista Wenderson Nascimento Cordeiro, de 28 anos, após ser atropelado por um ônibus na manhã desta quinta-feira (6), na rotatória em frente a Universidade Federal do Acre (UFAC); o adolescente Fernando da Silva Nascimento, de 16 anos, após uma uma perseguição policial, na madrugada desta quinta-feira (6), no Bairro da Paz, em Rio Branco; e o motociclista Daniel da Silva Brisola, após bater em buraco e cair de moto na BR-364, na manhã desta segunda-feira (3).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui