Servidora da Upa é agredida a tapas por paciente no Segundo Distrito de Rio Branco

0
36

12 Fev de 2020 do YacoNews
Por Saimo Martins


Uma agressão foi registrada nesta terça-feira (11), em Rio Branco, na Unidade de Pronto Atendimento do Segundo Distrito (UPA). A enfermeira conhecida por Flor de Macambira fez a denúncia em sua página no Facebook, dizendo que foi agredida durante seu expediente.


Segundo a servidora, os atos violentos são constantes, mas, desta vez, foi de uma gravidade considerável. “Não dá para se acostumar com as agressões, que antes eram verbais e agora estão indo às vias de fato”, disse.

“Fui agredida exercendo meu trabalho por uma paciente que não era prioridade, mas queria passar na frente de outros pacientes em estado grave na sala de medicação”, explicou.

O fato é que a agressora disse à enfermeira, após o fato, que era paciente do Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac). Para ela, pessoas nesta situação deveriam ser acompanhadas por familiares nos hospitais. “Se tem problema mental, porque a família não acompanha nesses atendimentos? Fui agredida com tapa e puxão de cabelo, não revidei, mas recorri à polícia. Espero que o boletim não seja só mais uma estatística, mas que o governo passe a colocar segurança nos hospitais e que a justiça exija que pessoas com transtorno mental como essa senhora sejam cuidadas pela família”, declarou a enfermeira.


Após as agressões, a mulher denunciou o caso na Delegacia de Flagrantes (DEFLA) da cidade. O delegado ouviu as duas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui