Bandidos armados com submetralhadora são presos na fronteira após assaltar joalheria em Cobija

0
39

04 de Março de 2020 YACONEWS

Por Wanglézio Braga

A parceria entre as polícias do Acre e de Pando, na região de fronteira entre Brasil e Bolívia, culminou na prisão de delinquentes que estão provocando pavor nos comércios da Zona Franca de Cobija. Nessa terça-feira (03), quatro homens fortemente armados assaltaram a joalheira Copacabana, que fica localizada em uma das avenidas mais famosas da cidade a três de março, e levaram objetos dos clientes bem como dinheiro apurado do caixa da loja.

O assalto ocorreu por volta das 19h30mim, no horário boliviano, e os assaltantes conseguiram levar B$ 6 mil na moeda local, o que corresponde a pouco mais de R$ 4 mil reais, mais alguns objetos como cordão e anéis de ouro. Após cometerem o ato, os delinquentes cruzaram a fronteira e foram para Brasiléia.

A ação do bando foi filmada pelo sistema de câmeras da empresa. As imagens estão circulando nas redes sociais. É possível ver que os bandidos estavam com uma submetralhadora de fabricação argentina, calibre 9mm. O assalto ocorreu em questões de minutos. Os assaltantes cobriram os rostos com capacetes e máscaras.

A Força Especial de Luta Contra o Crime (FELCC) entrou em contato com a polícia acreana. Por volta das 2 horas da madrugada de hoje (04), o bando foi pego. Na ocasião, ouve troca de tiro, mas a polícia brasileira logrou êxito.

Vale lembrar que não é a primeira vez que a Joalheira foi alvo dos bandidos. Em novembro do ano passado, assaltantes brasileiros fizeram verdadeiro limpa no local e levaram inclusive pertences de clientes da loja.

Segundo o delegado Sérgio Lopes, que coordena a regional do Alto Acre, pelo menos nove pessoas foram detidas. Alguns menores foram apreendidos também. Eles estão envolvidos em uma série de crimes que vinha acontecendo pela fronteira. O delegado pediu a prisão preventiva dos presos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui