SENA: “A Igreja Católica não vai abrir as portas para celebrações”, diz Frei Moisés

0
219

Um Decreto assinado recentemente pelo prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), autoriza o funcionamento das igrejas, templos e congregações religiosas com 30% de sua capacidade, mesmo diante do avanço da Covid-19 no município. Mas, nem todas as igrejas estarão reabrindo as portas para os fiéis nesse momento de pandemia.

A Igreja católica Nossa Senhora da Conceição, por meio do pároco da cidade, Frei Moisés, informou que mesmo diante da liberação, a igreja continua com as missas presenciais suspensas. “A Diocese de Rio Branco reuniu o conselho presbiterial e decidimos que não iremos reabrir as igrejas. Nós iremos adotar o pacto Acre sem covid, seguindo as orientações que nos foram repassadas”, disse ele.

De acordo com o Frei Moisés, nesse momento complicado a vida precisa ser colocada em primeiro lugar. “A Igreja católica tem compromisso com a vida, desde o seu início até o fim natural. O Acre vive um momento de emergência, somente quando a situação mudar iremos retomar com as missas presenciais”, comentou.

No Boletim Epidemiológico de ontem, a cidade de Sena Madureira aparece com 670 casos confirmados de covid-19 e a cada dia que passa esse número só tem aumentado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui