Bolsonaro sobre 100 mil mortes no Brasil: “Tocar a vida”

0
282

O Globo

O presidente Jair Bolsonaro comentou na noite desta quinta-feira, em transmissão ao vivo ao lado do ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, que é preciso “tocar a vida” ao citar a perspectiva de que o Brasil atinja a marca de 100 mil mortos em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

— A gente lamenta todas as mortes, está chegando ao número de 100 mil talvez hoje, é isso? — disse Bolsonaro.

Pazuello então respondeu que a marca provavelmente será alcançada esta semana.

— Mas vamos tocar a vida, tocar a vida e buscar uma maneira de se safar desse problema — complementou o presidente.

Nesta quinta, o Ministério da Saúde divulgou atualização do balanço com 2.912.212 casos confirmados e 98.493 óbitos, sendo 1.237 deles registrados nas últimas 24 horas.

Durante a live, Bolsonaro e Pazuello discutiram a reação do governo federal à pandemia e o presidente voltou defender o uso da hidroxicloroquina no tratamento da doença, apesar de reconhecer que não há comprovação científica da sua eficácia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui