Pandemia deve levar à maior queda do padrão de vida do brasileiro desde 1940

0
121

Levantamento realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) calcula que a pandemia do coronavírus deve levar à maior queda do padrão de vida do brasileiro desde a década de 1940, quando começa a série histórica.

O cálculo é feito a partir do Produto Interno Bruto (PIB) per capita, cuja retração esperada é de 6,7% este ano. Até então, segundo reportagem do jornal Estado de S.Paulo, a maior queda havia sido em 1981.

Em 2020, espera-se que o PIB por habitante caia quase o mesmo que a retração vista na crise de 2015 e 2016. Em 2019, por exemplo, o indicador era de R$ 34,5 mil e deve cair para R$ 32,2 mil este ano. Com isso, o padrão de vida voltaria ao nível de 2008.

Por ser uma média, o estudo não mostra como todos os brasileiros devem atravessar a pandemia. Dados divulgados pela Oxfam, por exemplo, revelou que o patrimônio de 42 bilionários brasileiros cresceu 34 bilhões de dólares – algo em torno de R$ 177 bilhões – durante a pandemia do coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui