Justiça Eleitoral do Acre adota medidas contra fake news, proposta feita por Daniel Zen

0
127

Em encontro com os candidatos à prefeitura de Rio Branco, nesta terça-feira, 29, o juiz eleitoral da 9ª Zona, Giordane de Souza Dourado, apresentou proposta contra desinformação no período eleitoral. O juiz confirmou que a ideia surgiu após uma conversa com o candidato e deputado estadual Daniel Zen.

“Quero propor aos meus colegas pré-candidatos a Prefeito de Rio Branco um “Pacto contra Fake News”. Sugiro assinarmos um documento e, se possível, contratarmos, coletivamente, um serviço confiável de fact-checking que possa atender a todos”, escreveu Zen, no último 12 de setembro, em seu Twitter.

Giordani explicou que a proposta conta com o aplicativo TSE Pardal, que receberá as denúncias e tem orientações. O juiz afirmou também que foi feito um convênio com os aplicativos de redes sociais, o que dará agilidade para a análise das notícias falsas. Todos os candidatos assinaram o compromisso, e foi reafirmado que divulgar notícias falsas é crime e pode impugnar a candidatura.

“Estou muito contente que a Justiça Eleitoral adotou uma proposta nossa, que vai ser muito importante para termos uma campanha com boas propostas para Rio Branco. A verdade é sempre o melhor caminho!”, afirmou Zen no encontro realizado hoje, na sede da Polícia Federal.

 

Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui