Leitura labial aponta que Neymar foi homofóbico e não sofreu ofensas racistas, diz rede de TV

0
196

Os meios de comunicação europeus tentavam encontrar as alegadas ofensas racistas que o espanhol Álvaro Gonzáles teria feito a Neymar: “Macaco filho da p…”, em tradução literal.

Apesar das várias câmeras que transmitiam o jogo entre o PSG e o Olympique, nenhuma delas, até agora, mostra a ofensa racista, apenas alguns palavrões comuns por parte do zagueiro do Olympique de Marseille.

O canal Gol, da Espanha, no entanto, apontou uma surpresa, após analisar a leitura labial. Neymar teria apelado para uma ofensa homofóbica contra o espanhol: “Put… maricón”. “Put… viado”, em tradução.

A Téléfoot, emissora responsável pela transmissão do jogo, garantiu não ter encontrado nenhuma ofensa racista do zagueiro.

A Comissão Disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França analisará as imagens e dará seu veredito sobre os dois jogadores.

 

Com informações da coluna de Cosme Rímoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui