Policiais penais fazem protesto e cobram concurso público efetivo

0
181

Membros do Sindicato dos Policiais Penais do Acre (SINDAPEN) realizaram nesta quarta-feira, 07, em frente ao Palácio Rio Branco, uma manifestação para exigir do governador Gladson Cameli respostas acerca das problemáticas apresentadas pela categoria.

Com cartazes, os servidores pediram ao governador a regularização de promoções, pagamento de retroativos, prêmios de valorização e concurso público efetivo.

Em comunicado a categoria, Beto Calixto, presidente em exercício do Sindapen, afirmou que em reuniões com o vice-governador e o secretário de justiça, Paulo Cézar, foi possível constatar inércia de Cameli em dar uma resposta positiva às reivindicações da categoria.

“Parece ser proposital, pois tanto o vice quanto o secretário de segurança foram enfáticos em afirmar que é de conhecimento do Governo todos os problemas do sistema penitenciário e todas as nossas reivindicações, o que não foi nenhuma novidade em saber, pois é público e notório que o sistema penitenciário nunca foi uma prioridade dos governos passados e, pelo visto, também do atual”, afirmou Beto Calixto.

A categoria lembra que na época de campanha Gladson Cameli e Rocha chegaram a se reunir com representantes da categoria onde firmaram acordo de compromisso para pós-campanha.

Os membros cobram resposta acerca do prêmio de valorização que está atrasado e também de promoções, além da Lei Orgânica e o soldão que foi rejeitado pelo governo.

 

ac24horas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui