Colono é encontrado morto com dois tiros e polícia suspeita de latrocínio no interior do AC

0
177

O colono João Francisco Kurzoske, de 41 anos, foi encontrado morto em uma área de mata próximo à sua casa na quarta-feira (2) após vizinhos escutarem tiros. O crime ocorreu no quilômetro 69 da BR-317, no Ramal do Picadão, zona rural do município de Brasileia, no interior do Acre.

Vizinhos informaram à polícia que ouviram disparos de arma de fogo pela parte da manhã de quarta. Horas depois, o corpo de Kurzoske foi achado jogado na mata. Ele foi atingido por pelo menos dois tiros, sendo um na região do abdômen e um na cabeça.

A Polícia Civil investiga o caso e a suspeita é de que o homem tenha sido vítima de um latrocínio. A informação, segundo a delegada responsável pelo caso, Carla Ívane, é de que ele tinha uma quantia em dinheiro em casa, mas nenhum valor foi encontrado.

“Pelo apurado no local do crime, ele possivelmente foi executado dentro de casa e arrastado para esse local. A gente recebeu a notícia por meio de uma irmã dele que esteve na delegacia de Brasileia. Ela disse que alguns vizinhos tinham noticiado essa situação do homicídio contra o irmão dela. E esse cidadão teria uma quantia em casa que foi subtraída. Então, a gente trabalha com a possibilidade de latrocínio”, disse a delegada.

Ainda segundo Carla, o suspeito do crime já foi identificado e os agentes da Polícia Civil estão na região fazendo buscas.

“Até o momento temos um suspeito, que não tem residência fixa na região, mas que seria uma pessoa da convivência e confiança da vítima, inclusive colega de infância ou juventude. Foram feitas diligências no sentido de capturá-lo, mas, infelizmente, ainda não foi localizado”, afirmou.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco para os devidos procedimentos. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil da cidade.

Por Iryá Rodrigues, G1 AC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui