Corpo é achado em igarapé no Acre com sinais de tortura e polícia tenta identificar vítima

0
156

O corpo de um homem foi achado boiando, nessa sexta-feira (4), próximo à ponte sobre o igarapé Iña, no Ramal do Porto Rico, em Epitaciolândia, no interior do Acre. Segundo informações da Polícia Civil, a vítima tinha sinais de tortura e ainda não foi identificada.

Após receber um chamado, policiais civis foram até o local e encontraram o homem que vestia bermuda e uma camisa de time. O corpo estava de bruços e em estado avançado de decomposição.

A delegada responsável pelo caso, Carla Ívane, disse que a Polícia Civil trabalha com a hipótese de execução, já que segundo informações preliminares da perícia técnica, a vítima foi atingida por ao menos três disparos de arma de fogo.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros da cidade foi acionada para retirar a vítima de dentro do igarapé. Em seguida, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) em Rio Branco para passar por exames cadavéricos e de identificação.

“O rosto, em razão de estar virado de bruços para a água, já estava todo desfigurado. No IML o perito verificou preliminarmente que essa pessoa foi executada, torturada e que houve pelo menos três disparos de arma de fogo contra ela. Esse homem tem uma tatuagem nas pernas e, em razão do tempo, não dá para descrever exatamente o que é a tatuagem, mas há uma outra tatuagem no braço com símbolo do infinito e com o nome pai e mãe”, disse a delegada.

Ainda segundo Carla, a intenção é que algum familiar, ao ficar sabendo das características do corpo, possa comparecer ao IML e fazer a identificação da vítima.

Por Iryá Rodrigues, G1 AC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui