Morador que viajava em barco no Rio Iaco continua sumido

0
97

Por Edinaldo Gomes

Já se passaram mais de duas semanas da data do ocorrido e até agora não há nenhum vestígio sobre o paradeiro do trabalhador braçal Francisco Silva de Sousa, 38 anos, conhecido como “França do caverna”. Ele viajava em uma canoa na companhia de outro morador quando teria caído nas águas e não conseguiu sair para a margem do rio.

Integrantes do Corpo de Bombeiros realizaram mergulhos e buscas superficiais, mas não obtiveram êxito. Com isso, as buscas foram suspensas.

França do caverna tinha ido para o Rio Iaco com a meta de fabricar uma canoa. Entre seus familiares e amigos, o clima é de total consternação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui