“Tu aguenta isso tudo em um?” perguntou o jovem para a menina de 16 anos antes de cometer estupro coletivo; em vídeo ela relata o drama

0
381

A tag #justiçaportayna ganhou repercussão na internet após a jovem de 16 anos relatar que foi vítima de estupro coletivo, no último sábado (24), após ir à praia com um casal de amigos. O caso aconteceu na praia de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes (PE). A polícia investiga o caso.

Os acusados de praticar o crime são oito jovens do sexo masculino. Ela estava na praia e encontrou um rapaz com quem já havia se relacionado anteriormente. O jovem tentou “empurrar” um amigo para ela.

Com a negativa, ela foi arrastada pela dupla para sofrer uma série de estupros. Na ocasião da violência, surgiram outros seis jovens, que se revezaram para a prática do crime.

” Eu fui batida, eu fui totalmente humilhada, e eu não desejo pra ninguém passar por isso, nem pra uma inimiga”, afirmou a vítima. Ela também relatou que durante o estupro teve que fazer “coisas” com cada um dos oito estupradores.

veja o vídeo:

A jovem prestou queixa na Polícia Civil, e o caso foi encaminhado ao Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente, devido à idade da vítima e dos autores do estupro.

“Cada um que fez vai pagar porque minha família ‘tá (sic) tudinho atrás, e a justiça vai ser feita. E outra: não adianta dizer, fazer ameaça comigo, não. Porque eu não vou cansar, não vou cansar até pegar os oito, eu não vou cansar ” disse a jovem.

No Twitter internautas se revoltam e pedem para os acusados serem expostos.

A mãe da adolescente ficou em choque ” Como é que [se] faz uma covardia dessa; oito caras fazerem isso com uma menina? Isso não se faz com mulher nenhuma. Vocês não pensam na mãe de vocês, na família de vocês? Vocês não pensam na irmã? Ninguém é obrigado a fazer nada forçado. Eu sou mãe. Eu tô (sic) com o coração dilacerado”, disparou a mãe da jovem.

veja o vídeo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui