Bolsonaro nomeia mulher de líder do governo para conselho de Itaipu

0
306

O presidente Jair Bolsonaro nomeou a esposa do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), para o Conselho de Administração de Itaipu. Cida Borghetti, ex-governadora do Paraná, terá mandato até maio de 2024 na estatal.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta quinta-feira. Também foi publicada a exoneração do ex-ministro Carlos Marun do conselho de Itaipu. Nomeado pelo ex-presidente Michel Temer, Marun foi reconduzido ao cargo por Bolsonaro no ano passado e teria mandato até 2024.

Cida Borghetti publicou no dia 22 de abril, em suas redes sociais, uma foto de um encontro com Bolsonaro no Palácio do Planalto. A reunião não foi registrada na agenda oficial. No mesmo dia 22, contudo, Ricardo Barros esteve com o presidente.

Borghetti foi vice-governadora de Beto Richa (PSDB) entre 2015 e 2018, e assumiu o cargo quando Richa renunciou para concorrer ao Senado. Ela tentou a reeleição, mas ficou em segundo lugar e Ratinho Junior (PSC) foi eleito em primeiro turno. Antes, foi deputada estadual e deputada federal.

Em nota, Marun afirmou que sua substituição do conselho é “resultado de um diálogo que já acontecia há mais de 40 dias”. Ele agradeceu a Temer e Bolsonaro, pela indicação e manutenção, e desejou “pleno êxito” a Borghetti, ressaltando que ela é esposa do seu “amigo” Ricardo Barros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui