Perpétua e Eduardo Bolsonaro batem boca e deputada garante: “A cada crime deles, vamos denunciar”

0
149

Por Tião Maia

A deputada federal Perpétua Almeida, líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, entrou de vez em rota de colisão com o clã Bolsonaro. Numa audiência da Câmara nesta quinta-feira (6), na Comissão de Relações Exteriores, a parlamentar acreana bateu boca com o deputado Eduard Bolsonaro, o chamado 02, filho do presidente Jair Bolsonaro.

Almeida acusou o governo brasileiro de mais uma vez ter batido de frente com o Governo da China, país que detém tecnologia para fornecer os ingredientes necessários à fabricação de vacinas contra a Covid-19. Ela disse que, por causa das ofensas do presidente ao governo chinês, o Brasil vinha enfrentando dificuldades para adquirir o princípio ativo necessário à fabricação dos imunizantes. A deputada citou declarações em que o presidente Jair Bolsonaro teria dito, inclusive com palavras de baixo calão, que iria interferir na Polícia Federal para proteger seus filhos.

“Fiz uma fala na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara. Falei sobre a reunião e a declaração do Bolsonaro para proteger os filhos”, disse a deputada. “Ele disse que não era verdade, que eu estava mentindo. E me fez o desafio de mostrar o vídeo”, acrescentou a deputada.

Perpétua Almeida, por meio de sua assessoria, conseguiu capturar na internet o vídeo da reunião do dia 22 de abril de 2020 de Bolsonaro com seus ministros. “Aceitei o desafio e mostrei o vídeo. Na verdade quem mentiu foi ele. Vai ser sempre assim: a cada crime deles, vamos denunciar. Bolsonaro mudou a direção da PF para proteger os filhos. E colocou um delegado da PF no Ministério da Justiça para se proteger”, afirmou a parlamentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui