RJ: Laudo aponta que meninos estavam conscientes quando foram mortos pela mãe a facadas

0
179

 

Stephani Peixoto Ferreira, de 36 anos, está sob custódia por suspeita de ter assassinado seus filhos Leonardo Ferreira da Silva, de seis anos, e Arthur Moisés Ferreira da Silva, de 3, a facadas. Como se o crime já não fosse grave por si só, os laudos cadavéricos e os exames toxicológicos apontaram que a mãe dopou os meninos antes de golpear as crianças, conforme apuração do jornal O Globo.

O laudo foi recebido pela Polícia Civil e será anexado ao inquérito do caso. Stephani mandou um áudio para o marido no qual confessa o crime e diz que iria se matar.

“O laudo é chocante. Um crime bárbaro e que abala até a gente que é mais experiente. Ela provocou essas “lesões de hesitação” como se fosse “um teste” da faca antes de dar o golpe mais profundo”, disse o delegado ao O Globo.

Agora, a polícia deve ouvir novamente o pai das crianças, Carlos Leonardo da Silva. Uma das linhas de investigação é que o crime tenha sido motivado pela briga do casal e consequente separação. Por isso, os agentes consideram a possibilidade da dona de casa ter ficado desesperada com a situação.

Até o momento, Stephani está no Pronto Socorro do Complexo do Gericinó sob custódia desde a última terça-feira (11). É provável que a suspeita seja encaminhada para um unidade prisional.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui