Eleições 2022: saída de Doria pode levar eleição a ser resolvida já no primeiro turno, dizem analistas

0
105

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (23/05) sua desistência da pré-candidatura à Presidência da República.

A decisão vem depois de uma série de crises internas do PSDB, da dificuldade de Doria em subir nas pesquisas de intenção de voto e da articulação do nome da senadora Simone Tebet (MDB-MS) como opção da chamada “terceira via”, grupo formado por partidos de centro-direita que tenta se contrapor ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Apesar de Doria não aparecer entre os primeiros colocados nas principais pesquisas de intenção de voto, a saída do tucano aumenta as chances de que as eleições sejam resolvidas no primeiro turno, conforme os especialistas em pesquisas de opinião pública ouvidos pela BBC News Brasil.

Para eles, pré-candidatos como Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet também podem se beneficiar, ainda que em menor grau, da retirada do ex-governador de São Paulo da disputa.

De acordo com as principais pesquisas de intenção de voto mais recentes, Doria tinha entre 2% e 5% da preferência dos entrevistados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui