Para evitar “pancada”, Bolsonaro diz que só irá a debates no segundo turno

Segundo o presidente, é preciso analisar “isso daí”, pois, de acordo com ele, as perguntas deveriam ser “pré-acertadas com os encarregados de fazer os debates, para não baixar o nível".

0
121

O presidente Jair Bolsonaro (PL) irá evitar os debates no primeiro turno das eleições para evitar levar “pancada” o tempo todo por parte dos candidatos. Ele foi entrevistado na rádio do apresentador Carlos Massa, o Ratinho, em programa que foi ao ar no início da tarde desta terça-feira (31/5).

“No segundo turno eu vou participar. Se eu for para o segundo turno, devo ir, né, eu vou participar. No primeiro turno, a gente pensa. Porque se eu for, os 10 candidatos vão querer o tempo todo dar pancada em mim e eu não vou ter tempo de responder”, disse.

Bolsonaro era o primeiro convidado para a sabatina dos presidenciáveis realizada pelo Correio nesta terça-feira, mas ele não compareceu ao evento. No horário marcado para a sua participação, 10h, ele esteve em ato alusivo aos 127 anos da cidade de Jataí (GO) e à entrega da 1ª etapa do Complexo Esportivo JK. Antes disso, fez motocross na cidade goiana.

Os debatedores apresentaram, então, teses sobre os desafios à reeleição do presidente, que aparece em segundo lugar nas pesquisas eleitorais.

Bolsonaro também apontou em sua defesa, na rádio, que as perguntas que fizerem aos outros candidatos nos debates irão ser respondidas contra ele. “Aí, vai fazer pergunta para outro, vão dar pancada em mim e depois pergunta para outro”, reforçou.

Segundo o presidente, é preciso analisar “isso daí”, pois, de acordo com ele, as perguntas deveriam ser “pré-acertadas com os encarregados de fazer os debates, para não baixar o nível”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui