Beneficiários podem realizar prova de vida no Acreprevidência por aplicativo

o Acreprevidência, realiza todos os meses a prova de vida de aproximadamente 1.300 beneficiários do Sistema de Previdência Estadual

0
20
O atendimento no Acreprev também vai utilizar o aplicativo para aqueles beneficiários que não têm acesso a ele. Foto: Neto Lucena/Secom

O Instituto de Previdência do Acre, o Acreprevidência, realiza todos os meses a prova de vida de aproximadamente 1.300 beneficiários do Sistema de Previdência Estadual. Pensando em facilitar o processo e evitar que as pessoas se desloquem até a sede do órgão, o instituto lançou o aplicativo AcrePrev, que faz esse serviço por meio do celular.

O presidente da instituição, Francisco Assis Filho, explica que esse aplicativo é importante para garantir a segurança da clientela do Acreprevidência, que é  composta, em grande parte, de idosos.

 

O presidente do Acreprevidência, Francisco Assis Filho, explicou a importância de oferecer mais uma modalidade de atendimento desse serviço importante. Foto: Neto Lucena/Secom

“Realizar a prova de vida é importante para que os beneficiários não tenham o seu benefício bloqueado. É um procedimento que deve ser realizado anualmente, no mês de aniversário dos aposentados. O objetivo desse novo tipo de atendimento é diminuir filas e facilitar o acesso ao serviço da prova de vida”, contou.

A prova de vida dos aposentados e pensionistas vinculados ao Acreprevidência é uma obrigação pessoal, prevista na Lei nº 2.438, de 22 de julho de 2011. O beneficiário ficará inadimplente a partir do mês subsequente previsto para a sua atualização.

“Em virtude da pandemia muita gente não podia sair de casa, mas o serviço tinha que continuar. Aqui analisamos as informações que são enviadas para que possamos dar seguimento ao processo de prova de vida”, explica Gustavo Mascarenhas, chefe do Departamento de Tecnologia do Acreprevidência.

De acordo com Mascarenhas, é preciso apenas que o beneficiário tire uma fotografia com um documento oficial com foto (Carteira Nacional de Habilitação ou identidade) abaixo do queixo e anexe ao aplicativo para análise.

Manoel Chaves foi fazer a prova de vida, e conheceu a nova forma de efetuar o serviço. “Achei importante conhecer esse serviço, pois facilita o atendimento”, frisou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui