Dos 20 leitos de UTI pediátrica, 15 estão ocupados em estrutura montada no Into-AC

UTIs pediátricas só são ofertadas em Rio Branco, que atende as demandas das 22 cidades do estado. Estrutura do Hospital da Criança foi transferida para o Into.

0
59

A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou que, dos 20 leitos pediátricos existentes no estado, e que estão todos concentrados em Rio Branco, 15 estão ocupados. O estado do Acre vem enfrentando o aumento das internações de crianças com síndrome respiratórias graves e mortes pela doença. Na terça-feira (14), a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou mais uma morte por síndrome respiratória grave. Agora, são dez óbitos de crianças em menos de dois meses.

Laura Pontes, gerente-geral do Sistema Assistencial da Saúde da Mulher e da Criança (Sasc), informou que as 15 crianças que estão na unidade de terapia intensiva não são só de casos de síndromes respiratórias, mas também outras comorbidades.

Esse aumento dos casos expôs a falta de estrutura dos hospitais para atender crianças, já que o pronto-socorro é a referência para atendimentos graves na capital. O governo então, ao transferir a estrutura do Hospital da Criança para o Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Acre (Into-AC), aumentou o número de leitos de UTI de nove para 20, sendo que as UTIs são denominadas, UTI 1 e UTI 2, com dez leitos cada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui