Estado e autoridades de Sena Madureira debatem políticas públicas para mulheres.

A ação promoveu o diálogo acerca de ações educativas e preventivas que podem ser executadas pelos atuantes da sociedade local.

0
89

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres (SEASDHM), realizou uma cerimônia com as autoridades do município de Sena Madureira, promovendo políticas públicas direcionadas para as mulheres. O encontro foi realizado nesta quinta-feira, 9.

A ação da Diretoria de Políticas para Mulheres faz parte do convênio Acre: enfrentando a violência contra as mulheres, que busca disseminar informações para a população sobre as políticas públicas que amparam as mulheres, assim como desenvolver ações preventivas, engajando a sociedade na luta contra a violência doméstica e o feminicídio.

Isabela Fernandes, chefe do Departamento de Promoção de Políticas para Mulheres, assegura o esforço do Estado quanto à política: “Estamos presentes para acompanhar e capacitar os municípios, qualificando aqueles que estão diariamente ao lado da população. Procuramos atender todas as mulheres do Acre, buscando fazer a diferença até nas áreas mais remotas, pois sabemos a importância da política pública na vida de cada mulher”.

Claire Cameli, diretora de Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres da SEASDHM, expressou: “Fico feliz por ser um instrumento de mudança para o nosso Acre, trabalhando com intensidade em uma pasta comprometida com suas políticas e preocupada com o bem do povo acreano. Estamos na luta para acabar com o feminicídio, esse crime de ódio que ceifa a vida de tantas e afeta a nossa sociedade por inteiro”.

“A nossa equipe é pequena, mas é eficiente no atendimento e acolhida das mulheres, sempre com muita competência e carinho”, exalta Claire Cameli. Além de propagar os direitos das mulheres e fortalecer a rede de proteção de cada município, a equipe governamental busca fortalecer a rede assegurando a defesa das mulheres, além de elaborar novas estratégias que possam inibir a violência doméstica.

Prevenção nas escolas

O presidente da Câmara Municipal de Sena Madureira, Josemar Costa, prestigiou as ações da SEASDHM: “Valorizo ações como essa, pois entendo a necessidade que o município enfrenta, e sabemos como esses eventos promovem diferença na vida de muitos”. Durante sua fala, o vereador exaltou a importância da propagação de informações de combate à violência e a discussão da temática, principalmente nas escolas, acompanhando os jovens: “Precisamos que essas mensagens sejam compartilhadas com as crianças, para que construam uma sociedade cada vez mais segura”.

Até o momento, o governo do Estado já capacitou mais de 1.600 gestores para a execução do programa federal Maria da Penha vai à Escola, incluindo planos de estudo com conteúdos didáticos sobre a Lei Maria da Penha na grade curricular de escolas de ensino médio, proporcionando o diálogo entre alunos e professores sobre direitos humanos e conscientizando sobre a violência contra a mulher.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui