Homem acusado de matar amigo por causa de R$ 200 é preso no AC: “Era muito pacífico”

O preso foi conduzido à delegacia para procedimento de praxe e, em seguida, colocado à disposição da justiça

0
92

A Polícia Civil prendeu um homem de 34 anos pelo crime de latrocínio. Ele é acusado de matar Arnaldo Ferreira Matos Filho, de 56 anos, morto a golpes de facão na região craniana, no dia 13 de maio.

Arnaldo trabalhava como caseiro em uma propriedade onde foi encontrado morto. Segundo investigações da polícia, o acusado era amigo da vítima e sabia que Arnaldo guardava a quantia de R$ 200,00.

As investigações apontam que o preso aproveitou o momento em que a vítima havia saído para comprar pão e invadiu a sua casa para subtrair o valor.

Arnaldo teria retornado à sua residência antes do autor do crime sair do local e para garantir que não fosse identificado, matou Arnaldo, subtraiu seu aparelho telefônico e saiu do local em seguida.

“O Sr. Arnaldo era visto por todos da vizinhança como uma pessoa muito amigável e pacífica. Alguém que mata para subtrair um celular, ou qualquer outro bem, não pode ficar impune. O autor dos fatos, enquanto solto, representa uma ameaça iminente a qualquer cidadão. A Policia Judiciária identificou o autor em menos de um mês do ocorrido, o que resultou no êxito da investigação e na sua prisão”, conclui o delegado de Polícia Civil Lucas Pereira.

O preso foi conduzido à delegacia para procedimento de praxe e, em seguida, colocado à disposição da justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui