O minuto de silêncio do Jornal Nacional que surpreendeu os espectadores

Na data em que se comemora o Dia Nacional da Liberdade de Imprensa, os apresentadores Heraldo Pereira e Renata Vasconcellos, iniciaram a principal atração jornalística da Rede Globo em completo silêncio, como forma de protesto.

0
31

O Jornal Nacional abriu a edição dessa terça-feira (7), com uma escalada histórica. Na data em que se comemora o Dia Nacional da Liberdade de Imprensa, os apresentadores Heraldo Pereira e Renata Vasconcellos, iniciaram a principal atração jornalística da Rede Globo em completo silêncio, como forma de protesto.

Durante 1 minuto, os âncoras de TV ficaram completamente calados, enquanto era trasnmitido na tela da emissora dos Marinho, frases que falavam a respeito da garantia do direito aos profissionais de imprensa: “Hoje é terça-feira, 7 de junho, dia Nacional da Liberdade de Imprensa”, declarou o apresentador veterano Heraldo Pereira.

Renata Vasconcellos complementou: “Esse nosso gesto, essa nossa homenagem, é para lembrar a importância desse direito fundamental para a democracia”. disse a jornalista da Globo. Nas redes sociais, telespectadores se surpreenderam com o protesto realizado pelo jornalístico:

‘HISTÓRICO!!! Abertura do jornal nacional é mais que uma homenagem, é um protesto! O SILÊNCIO INCOMODA’“, escreveu um perfil no Twitter. “Pensei que fosse erro, mas era um tremendo acerto do #JN #JornalNacional reforçando a importância da #imprensa #imprensaLivre é fundamental na democracia”, declarou outro.

Durante todo o dia, o consórcio de imprensa formado pelos veículos: UOL, Folha de de S.Paulo, TV Globo, GloboNews, G1, O Globo, Extra, Valor Econômico, Estadão, CBN e Rádio Eldorado divulgaram uma série de ações para marcar a data em que se reafirma o direito de liberdade de expressão a todos os profissionais da imprensa brasileira.

De férias, William Bonner, apresentador titular da atração jornalística e também editor-chefe do noticioso, fez questão de fazer parte do protesto compartilhando o vídeo do gesto de Heraldo Pereira e Renata Vasconcellos em seu perfil no Instagram. Na mesma rede social, o comunicador também fez uma publicação mencionando a data.

Renata Vasconcelos, Maju Coutinho, Poliana Abritta, Tadeu Schmidt, e Andreia Sadi, foram outros jornalistas da Globo que entraram na campanha e publicaram uma imagem de protesto que mencionava a data em que se comemora o Dia Nacional da Liberdade de Imprensa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui