Professora reclama falta de médicos e descaso em único hospital de Sena Madureira; “Estamos a mercê da sorte”

0
187

A professora da rede pública Regis Estevam procurou o YacoNews após buscar atendimento no Hospital João Câncio Fernandes, o único hospital de Sena na noite desta quinta (09) e não conseguir.

Por telefone irritada, a servidora se diz desrespeitada pelo atendimento que recebeu. “Estou passando mau por isso procurei o hospital e me disseram que os dois únicos médicos estão fazendo cesariana. Já estou a mais de 30 minutos aguardando e ninguém diz nada. A gente fica aqui a mercê da sorte.” disse

“Doença não escolhe dia nem hora, e agente vem ao hospital porque precisa, e quando chega aqui somos tratados com total descaso.” enfatiza

“Queriam que uma enfermeira de plantão me atendesse, nada contra a profissional, mas não aceitei porque enfermeira não é médico. Amanhã irei procurar o Ministério Público, isso aqui e um absurdo.” acrescentou

Em tempo: Não é de hoje que falta uma estrutura mínima e um olhar especial das autoridades para o sistema de saúde do terceiro maior município do Acre. Ninguém busca atendimento hospitalar sem precisar. Não há quem queira adoecer. Já está passando da hora e virando uma brincadeira sem graça a falta de uma unidade hospitalar em que as pessoas possam ser atendidas dignamente.

Os funcionários da saúde de Sena até tentam, mas não lhes é oferecido instrumentos necessários para tal. E quem acaba pagando o pato é a população.

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui