Com 903 focos de queimadas, Feijó é a cidade com mais registros no Acre

0
33

A cidade de Feijó, interior do Acre, é a região com mais focos de queimadas no estado. Dos 2.835 focos registrados entre janeiro até esta segunda-feira (29) no Acre, 903 foram atendidos em Feijó. Um total de mais de 31% de todas as ocorrências.

Os dados são captados diariamente através do Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) com ajuda do satélite de referência Aqua.

Conforme o Inpe, essas são as cidades do Acre com mais queimadas:

Entre 1º e 29 de agosto, Acre tem um acumulado de focos de queimadas de 2.385. Desse total, 815 foram registrados apenas em Feijó. A cidade tem uma população estimada de mais de 34 mil habitantes.

Ainda segundo o levantamento, as cidades de Feijó, Tarauacá, Acrelândia, Manoel Urbano, Bujari, Cruzeiro do Sul, Jordão e Rio Branco têm o maior número de focos por quilômetro no território acreano.

Combate
Na cidade feijoense, o combate ao fogo é feito por brigadistas e bombeiros. O coordenador dos brigadistas, Auricélio Dantas, falou que o número de ocorrências aumentou bastante nas últimas semanas.

“Estamos trabalhando muito, não damos conta. Às vezes, atendemos uma ocorrência por dia porque o fogo é de grandes proporções e temos pouco transporte. Estamos com dois caminhões tanque e três caminhonetes e ficamos sem conseguir fazer muita coisa”, lamentou.

O município conta com seis brigadistas, que atua como complemento do serviço dos bombeiros. Já o Corpo de Bombeiros da cidade é composto por 19 profissionais.

“É uma equipe com três brigadistas e os bombeiros, mas quando tem um incêndio grande a gente chama os outros [de folga], os bombeiros também de folga para ajudar. Tem dia que entram todos os brigadistas e bombeiros e ainda não damos conta. Aqui o costume de limpar os terrenos é colocar fogo. Colocam fogo, sai do controle e chamam a gente”, concluiu.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui