Contadora de boca de fumo e parceiro são presos no centro de Rio Branco

0
71

Julio Henrique Barros da Silva, 21 anos, e a monitorada por tornozeleira eletrônica Antônia Jania de Paula Santos foram presos acusados de tráfico de drogas, na noite desta sexta-feira (26), na escadaria próximoa ao Instituto São José, na Rua Floriano Peixoto, no bairro Dom Giocondo, na região do Papoco, em Rio Branco.

Segundo informações do Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), uma guarnição estava realizando um patrulhamento motorizado de rotina, quando resolveu fazer um patrulhamento a pé dentro do Papoco, que já é uma área conhecida pelo intenso tráfico de drogas.

Dois militares foram pela área de mata e dois PMs desceram a escadaria que fica na frente do colégio São José. Quando os PMs se aproximaram de Julio, um dos traficantes gritou que a polícia estava no local e começou a empreender fuga junto com Júlio, que jogou a droga e o dinheiro dentro da mata, e correu para uma rua atrás da residência, momento em que os outros policiais conseguiram fazer a abordagem.

Na revista pessoal foi encontrada uma faca na cintura do suspeito, mas dentro da mata havia cerca de 4 barrinha de maconha e R$ 2.280 em espécie, provavelmente oriundo do tráfico de drogas. Júlio que tinha passagem pelo crime de tráfico de drogas. Antônia não conseguiu correr e também foi abordada. Em uma pochete que estava com a mulher havia a lista da contabilidade das drogas e o balanço da boca de fumo.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao casal, que foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla), onde responderá pelo crime de tráfico de drogas e aguardará as medidas cabíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui