Dupla é presa por estupro em Epitaciolândia vítimas têm 7 e 10 anos

0
43

O delegado de Polícia Civil em Epitaciolândia, Luis Tonine, anunciou, nesta sexta-feira (19), a prisão de dois homens D. M. B, de 42 anos, e G. P. da S, de 34, por estupros de duas crianças, em casos e lugares diferentes. No primeiro caso, foi identificado o autor D. M. B. de 42 anos, que manteve relação sexual como uma criança de 10 anos de idade. A vítima era vizinha do autor na zona rural de município, Ramal Porto Rico, km 17.

No segundo caso, a Polícia Civil recebeu denúncia via Conselho Tutelar dando conta de que G. P. da S. de 34 anos, havia mantido relação com a menor de 7 anos de idade. Ele foi preso na zona urbana. A vítima é enteada de G. P. da S., que vivia maritalmente com a mãe da vítima. Foi a mulher que que fez a denuncia do caso ao Conselho Tutelar depois de verificar corrimento nas partes intimas da criança, na qual exame médico hospitalar detectou caso de estupro.

O trabalho investigativo da Policia Civil em Epitaciolândia possibilitou identificar os autores e representar por suas prisões junto ao Poder Judiciário. O conjunto probatório reuniu elementos indeléveis de ambos os casos que foram suficientes para que o mandado de prisão fosse expedido e cumprido pela Polícia Judiciária.

De acordo com o delegado Luis Tonine, os casos investigados pela Polícia Civil têm desfecho e seus autores são devidamente identificados e responsabilizados perante a legislação que tipifica o crime de estupro como hediondo. Segundo o delegado, a Polícia Civil do Estado do Acre mantém canal aberto para denúncias onde o cidadão pode usar o aplicativo whatsapp para envio de sua denúncia e/ou realizar ligação para o número 99922-1111, a Polícia Civil garante total sigilo das informações e do denunciante.

Os homens presos a em Epitaciolândia devem ser transferidos para o sistema penitenciário estadual, em Rio Branco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui