Em Manoel Urbano, Guerra entre facções e arrastão provocam morte de uma pessoa

0
53

O jovem Manoel Bezerra da Silva, de 21 anos, foi morto a tiros, na noite deste domingo (28), na rua Antônio Coelho de Castro, no bairro Chagas de Castro, no município de Manoel Urbano, no interior do Acre. Na mesma ação, mais dois homens foram vítimas de roubo pelos autores do homicídio que levou, carteira, dinheiro, celulares e uma motocicleta durante o arrastão.

Segundo informações da polícia, um homem identificado apenas pelo sobrenome Rocha estava indo visitar a mãe dele e, ao se aproximar da residência dela, avistou três bandidos portando armas de fogo e que eles efetuaram vários tiros, mas não atingiram a vítima, e Rocha conseguiu correr e se esconder dentro da casa de sua mãe.

No momento que uma guarnição da Polícia Militar chegou para atender a ocorrência, os PMs foram avisados que na rua Antônio Coelho de Brito havia um homem ferido a tiros pelos mesmo bando criminosos. No local, a PM viu que se tratava de Manoel Bezerra da Silva, que estava agonizando, e foi acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma ambulância de suporte avançado para dar os primeiros atendimentos, mas, ao chegar no local, os socorristas só puderam atestar morte a Manoel.

Em seguida, uma terceira pessoas identificada pelo sobrenome Almeida foi até a guarnição e disse que os faccionados lhe rendeu e roubaram a quantia de R$ 280,00, um celular e uma motocicleta de placa NAB-6B45, em seguida, fugiram por um ramal.

No local onde Manoel foi encontrado morto os militares isolaram a área para o trabalho da perícia e foram encontrados 2 cartuchos deflagrado de calibre 16, 14 cápsulas deflagrada de 9 milímetros e duas munições intactas de 9 milímetros na frente de uma residência de um suspeito de integrar a facção criminosa Comando Vermelho, levando a entender que se trata de mais um capítulo da guerra entre as facções criminosas.

Uma guarnição do destacamento do 8º Batalhão em Manoel Urbano colheu as informações para tentar procurar pelos autores dos crimes na região, mas ninguém foi encontrado até o momento.

O corpo de Manoel foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Rio Branco para serem realizados os exames cadavéricos.

O caso será investigado por agentes da Polícia Civil da Delegacia de Manoel Urbano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui