Família apresenta sintomas de hanseníase no AC e um caso é confirmado pela saúde de Xapuri

0
36

Um caso de hanseníase foi confirmado pela Saúde de Xapuri, no interior do Acre, após a família apresentar sintomas da doença. Não foi informado quantas pessoas apresentaram sintomas, mas a preocupação surgiu porque outro membro já tinha feito tratamento.

“Uma pessoa levou a informação de que uma família no Seringal Nazaré poderia estar com hanseníase porque alguém da família já tinha feito tratamento e fizemos contato com o pessoal do Mohan, eles vieram, fomos até lá. E depois veio um dermatologista, foi feito exame, e destas pessoas que foram notificadas uma delas deu positivo”, disse o secretário de saúde do município, Vagner Menezes.

No ano passado, o estado acreano registrou um aumento de 24% nos casos de hanseníase comparando com o ano anterior, segundo dados do Programa de Controle da Hanseníase, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre). Na população em geral, foram registrados 86 casos novos da doença em 2020. Já em 2021, houve salto para 107 novos registros da hanseníase.

O secretário disse que o protocolo no município, é que quando a pessoa é diagnosticada com a doença, é enviado o caso para a capital, o estado manda a medicação dela e no município é feita a distribuição dos medicamentos mês a mês.

Apesar de ter surgido a suspeita na família, todos passaram por exame e foi descartado.

“Lá nesse círculo familiar outra pessoa já tinha feito o tratamento e ficaram com medo, e começaram a dizer que tinha outros com os sintomas, mas o médico foi lá, testou e só um deu positivo. E já veio a notificação dele e foi encaminhado para o tratamento”, acrescentou.

O tratamento pode ser de seis meses a dois anos. O paciente, de acordo com o secretário, ainda estava em fase inicial. E agora, ele vai fazer o acompanhamento na secretaria até receber alta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui