Greve nacional é convocada por recenseadores do IBGE

0
34

Os aprovados no concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o cargo temporário de recenseador vêm enfrentando dificuldades na realização das atribuições e convocaram greve nacional para o dia 1° de setembro.

A justificativa, segundo os recenseadores, se deve ao atraso no pagamento dos salários e às más condições de trabalho, como problemas na logística e falta de segurança em alguns bairros das grandes cidades. Além disso, os contratados para realizar o censo 2022 pedem reajuste no valor do auxílio transporte.

Em comunicado realizado na última terça-feira, 23 de agosto, o IBGE reconheceu o atraso no pagamento e se desculpou. Confira:

O processo seletivo teve edital publicado em junho de 2022 e ofertou 48.535 vagas para a função de Recenseador, para a realização do censo 2022.

Vale lembrar que um outro processo seletivo (concurso IBGE) está em andamento, ofertando 578 vagas, distribuídas nas seguintes funções:

Agente Censitário de Administração: 4 vagas;
Recenseador: 542 vagas;
Agente Censitário Municipal/Agente Censitário Supervisor: 32 vagas
Os salários ofertados são de até R$2.100,00 e é importante mencionar que todas as vagas são destinadas ao estado do Rio Grande do Sul. Veja detalhes aqui!

Resumo concurso IBGE (processo seletivo)
O que é: processo seletivo IBGE
Vagas: 48.535
Cargos: Recenseador
Escolaridade: todos os níveis de escolaridade (avaliação de acordo com o grau de escolaridade apresentado)
Inscrição: de 9/6 a 15/6
Remuneração: salário por produção
edital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui