Jorge Viana quer esporte do Acre como referência na Amazônia e garante apoio

0
38

O engenheiro florestal Jorge Viana, 62 anos, do Partido dos Trabalhadores (PT), foi o sexto convidado da série de entrevistas da CBN Amazônia Rio Branco com os candidatos ao governo do Acre.

O candidato esteve presente no complexo de comunicação da Rede Amazônica Acre, na manhã desta segunda-feira (29), e conversou com exclusividade com o ge sobre os planos para o esporte do Acre, caso seja eleito no dia 2 de outubro.

Jorge Viana destacou que quer transformar o Acre em uma referência na prática do esporte na Amazônia e deixou em aberto a possibilidade de recriar a Secretaria Estadual de Esportes, caso seja necessário.

O candidato planeja criar um programa de apoio aos atletas de alto rendimento e também demonstrou interesse em firmar parcerias com clubes do futebol profissional. Confira as principais declarações:

Incentivo da prática esportiva
– Esporte é sinônimo de vida. Se eu voltar a ser governador junto com o Marcus Alexandre (candidato a vice-governador) é pra gente voltar a fazer do esporte do Acre uma referência. Eu sou corredor de rua, nós fizemos os parques, os lugares para o pessoal correr, estimulamos (…) O Acre tem um potencial enorme de atletas, o esporte pode fazer a diferença para o nosso estado e, se eu for governador com o Marcus Alexandre, as pessoas vão dizer que o Jorge Viana tem o maior compromisso. Nenhum candidato tem compromisso com esporte como eu tenho porque eu já fiz. Eu não quero viver do passado, eu quero afirmar que vou fazer muito mais pelo esporte a partir de janeiro do ano que vem se eu for merecedor do voto das pessoas.

Possibilidade de recriar Secretaria Estadual de Esportes
– Eu não posso definir agora porque eu apresentei compromisso, mas se ganhar a eleição, do dia da eleição com a nossa vitória até o dia da posse, nós vamos estruturar o governo. Como eu já criei Secretaria de Esportes antes é obvio que vou pensar nisso porque tem que ter um instrumento pra nos 22 municípios a gente abraçar nossa juventude e fazer do Acre um estado que tenha o melhor apoio governamental para o esporte (…) Quero fazer do Acre o melhor estado para prática do esporte também da Amazônia. Esse é um compromisso meu. Se tiver que criar uma secretaria, vou criar a secretaria, só não vou deixar todos os equipamentos de esporte abandonados, os atletas abandonados, os ex-atletas abandonados.

Apoio aos atletas de alto rendimento
– Não é possível que um atleta de alto rendimento, que se destaca, não tem apoio nenhum pra seu treinamento e depois quando vai em uma competição não tem apoio nenhum. Isso vale para o kung fu, vale para o corredor, vale para o jogador de futsal, vale para o jogador de vôlei. Se eu volto, eu primeiro crio uma lei de incentivo pra que você possa montar a sua atividade, organizar na sua comunidade, mas o governo vai ter um grande programa de bolsa para ex-atleta pra eles terem as suas escolinhas e também bolsa de programa de apoio para os atletas nossos concorrerem fora. Não tem que ficar correndo atrás de político pra conseguir uma passagem pra ir pra um campeonato. Nós já fizemos isso. Temos que ter um programa. Por isso que eu falo, se for necessário ter secretaria, terá secretaria, mas uma coisa eu afirmo: não faltará apoio pra todas modalidades de esportes se eu voltar a ser governador.

Parceria com clubes profissionais
– Quando eu fui governador tinha um convênio anual de R$ 25 mil com cada clube profissional. Eles só eram obrigados a manterem uma escolinha (…) Eu também fazia mediação entre empresas e patrocínio porque acho que a gente tem que botar cada vez mais a iniciativa privada trabalhando, mas onde for necessário botar o dinheiro público. Como eu atrelava o convênio a ter escolinha de futebol, eu resolvia o problema do dinheiro público ser aplicado, não era pra pagar salário de jogador, era pra gente fomentar o surgimento de estrelas, de jogadores (…) Não tenha dúvidas, obviamente que de novo a gente tem que ter um compromisso deles com algo que não fique preso em só pagar salário dos atletas porque isso é muito caro, mas pelo menos ajudar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui