Mulher toma espingarda do marido e o mata em RO: ‘Cansada de apanhar’

0
52

Uma mulher matou o marido com um tiro de espingarda no peito em Rio Pardo, em Rondônia, após uma discussão. A Polícia Civil disse que ela confessou ter cometido o assassinato em depoimento, porque já estava “cansada de apanhar”. A corporação afirmou que o casal convivia há oito meses e, segundo a mulher, ela sofria violência doméstica desde o início do relacionamento.

Outras quatro testemunhas confirmaram a versão dela, segundo a delegada Leisaloma Carvalho. “Ouvi uma testemunha que viu ela sendo agredida várias vezes, fora os pais dela que também confirmam que ele batia nela”, afirmou a delegada.

UOL – O melhor conteúdo
NOTÍCIAS

ASSINE
Topo
COTIDIANO
COTIDIANO
Mulher toma espingarda do marido e o mata em RO: ‘Cansada de apanhar’
Delegada da Polícia Civil considera caso como bem “esclarecido” – Getty Images/iStockphoto
Delegada da Polícia Civil considera caso como bem “esclarecido”
Imagem: Getty Images/iStockphoto
Do UOL, em São Paulo

19/08/2022 14h47
Atualizada em 20/08/2022 10h10
Uma mulher matou o marido com um tiro de espingarda no peito em Rio Pardo, em Rondônia, após uma discussão. A Polícia Civil disse que ela confessou ter cometido o assassinato em depoimento, porque já estava “cansada de apanhar”.

A corporação afirmou que o casal convivia há oito meses e, segundo a mulher, ela sofria violência doméstica desde o início do relacionamento.

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

Celular explode no Ceará enquanto menino de 6 anos assistia a vídeos

Pneu explode enquanto é calibrado e faz dono de borracharia desmaiar; veja

Ariranhas põem onça para correr e se livram de virar comida; veja

Outras quatro testemunhas confirmaram a versão dela, segundo a delegada Leisaloma Carvalho.
“Ouvi uma testemunha que viu ela sendo agredida várias vezes, fora os pais dela que também confirmam que ele batia nela”, afirmou a delegada.

Leisaloma relatou que eles tiveram uma discussão no dia do incidente. “No dia dos fatos eles tinham bebido em um bar e ido para casa depois. Em casa, começou uma discussão banal e ele bateu nela sem motivo.”

Leisaloma também disse que o rapaz ameaçou a mulher com uma arma, mas ela a pegou e atirou. “Ele pegou a arma, ameaçando ela, eles entraram em luta corporal, ela tomou a arma e deu um tiro de espingarda no peito do rapaz”.

Após matar o marido, a esposa fugiu com a arma e depois se apresentou voluntariamente na delegacia para prestar depoimento. “Ela alega que matou porque ele pegou a arma e cansou de apanhar”.

De acordo com a delegada, o homem morto tinha mandado de prisão por receptação e outros crimes. O caso seguirá sendo investigado, para averiguar se houve legítima defesa, mas a delegada explicou que boa parte dos fatos já estão “esclarecidos”. A mulher foi indiciada e está em liberdade, pois a prisão só pode ser em flagrante se tiver elementos que comprometam o andamento do processo – como oferecer riscos à investigação —, segundo a delegada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui