Por ordem judicial, Casa do Seringueiro de Mazinho Serafim vai mais uma vez à leilão

0
109

A empresa Casa do Seringueiro, que trabalha no segmento de comércio de artefatos e peças de borracha situada em Sena Madureira, que tem como proprietário o prefeito da cidade, Mazinho Serafim, vai à leilão por ordem judicial. A decisão é do juiz Manoel Simões Pedroga, titular da Vara Cível única de Sena Madureira. A reportagem, o prefeito disse que as dívidas estão parceladas e que os pagamentos estão sendo feito em dia.

O bem foi avaliado em maio de 2022 em R$ 3, 2 milhões e o leilão é decorrente de execução fiscal por dívidas e penhora junto à União. São pelo menos dez registros de penhora, uma delas junto ao banco da Amazônia. Em janeiro de 2021 os bens foram avaliados em mais de R$ 3,4 milhões.

Os bens a serem leiloados consistem em pelo menos três galpões, além de uma balança rodoviária e outros equipamentos. A Casa do Seringueiro está localizada na BR-364, no lado direito no sentido Sena Madureira – Rio Branco.

O edital de leilão foi incialmente publicado em junho deste ano. Como não apareceu arrematador, foi prorrogado para julho e agora para agosto. Até a data de hoje não haviam aparecidos pessoas interessadas. O edital dispõe que o arrematador teria que fazer depósito do valor dos bens.

A empresa Casa Do Seringueiro, que tem como razão social O Serafim De Andrade, sobrenome do prefeito de Sena, foi fundada em 21 de junho de 1995. Ouvido sobre o assunto, Mazinho Serafim disse que a Justiça está atrasada em relação as informações sobre a empresa e suas dívidas.

“Todas as dívidas foram parceladas e os pagamentos das parcelas estão sendo feitos em dias, de forma que nem estou sabendo deste leilão, se haverá ou não”, disse Mazinho Serafim. “A Justiça, muitas vezes, recebe informações atrasadas”, acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui