Rotatórias de Rio Branco são isoladas para evitar que cabos eleitorais estraguem grama e plantações

0
33

Algumas rotatórias de Rio Branco receberam fita de isolamento em toda sua extensão para evitar que pedestres e outras pessoas subam e acabem estragando a grama e plantações feitas recentemente pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia). O isolamento foi necessário também para evitar que cabos eleitorais utilizem esses espaços para fazer bandeiraços e até instalar placas de candidatos.

Das 52 rotatórias da capital, a Semeia confirmou que 11 estão isoladas porque a grama comum foi substituída por grama amendoim forrageiro, que tem flores.

“No mês de julho começamos fazer essa substituição e como está muito recente tem espaço que ainda não cresceu a grama. Por conta dos candidatos, os apoiadores, pessoal que sai para fazer bandeiraço na cidade sobem nas plantações que são novas e vão danificar o patrimônio público”, explicou o secretário de Meio Ambiente de Rio Branco, Carlos Nasserala.

O secretário pediu que os grupos envolvidos nas eleições evitem de subir nas rotatórias, mesmo naquelas que não estão sinalizadas. “Colocamos placas de proibindo pisar na grama, exatamente para não danificar um patrimônio que é do povo, é público. Nossa grande preocupação é essa. Vai ficar muito bonita”, complementou.

Nasserala falou que, nessa primeira etapa, foi plantada apenas a grama. No período de chuva, a partir de novembro, as equipes vão plantar flores de tamanhos maiores para enfeitar os espaços. “Começamos na época da estiagem porque essa grama suporta o calor. A rotatória do Incra foi a primeira que fizemos e já está aparecendo as flores na grama”, concluiu.

O secretário pediu que os grupos envolvidos nas eleições evitem de subir nas rotatórias, mesmo naquelas que não estão sinalizadas. “Colocamos placas de proibindo pisar na grama, exatamente para não danificar um patrimônio que é do povo, é público. Nossa grande preocupação é essa. Vai ficar muito bonita”, complementou.

Nasserala falou que, nessa primeira etapa, foi plantada apenas a grama. No período de chuva, a partir de novembro, as equipes vão plantar flores de tamanhos maiores para enfeitar os espaços. “Começamos na época da estiagem porque essa grama suporta o calor. A rotatória do Incra foi a primeira que fizemos e já está aparecendo as flores na grama”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui