Cantora denuncia ex-namorado por agressão com soco na boca em Canindé, no Ceará

0
38

Uma cantora, de 36 anos, denunciou o ex-namorado, de 25 anos, por agressão, informando que ele deu um soco na boca dela. O caso aconteceu na madrugada deste sábado (3), em um estabelecimento comercial no município de Canindé, no interior do Ceará. A vítima não vai ser identificada.

“A minha boca está completamente diferente porque, com o soco, meus dentes afastaram. Isso, inclusive, me impossibilitou de trabalhar ontem e hoje. Eu teria três eventos e não cumpri nenhum, porque não tem como”, lamentou a artista.

A Polícia Civil informou que apura as circunstâncias de uma ocorrência de agressões, entre duas pessoas. Segundo o órgão, ambos tiveram um desentendimento, gerando agressões mútuas. Os dois foram conduzidos à unidade policial onde um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso.

Contudo, a vítima negou a versão da Polícia que teria agredido o ex-namorado. A cantora falou que o casal estava em um restaurante, até que o jovem decidiu ir a outro local. Ela foi chamá-lo de novamente para o restaurante, e na volta ele a agrediu com um soco. Ela relatou ainda que a agressão a pegou de surpresa, pois eles não discutiram, apesar de ele ter ficado irritado após ela ir buscá-lo.

“Eu caí no chão, bati as costas na parede que até rasgou minha blusa. Umas meninas que estavam lá, que eu nem conheço, me levantaram do chão. E uns rapazes seguraram ele, porque ele tentou correr”, disse a vítima.

“Eu estava sangrando muito, a minha blusa e as minhas mãos cheias de sangue, eu percebi logo”, relatou.
A cantora disse que continuou no local, tentando ligar para o ex-namorado. Na saída, ela foi abordada por um policial, que informou que ele estava detido. Ela acredita que alguma das testemunhas tenha acionado as autoridades. Com isto, ambos foram levados à delegacia do município, onde participaram de uma audiência virtual.

A cantora lamentou que o ex-namorado não ficou preso, e pediu medida protetiva contra ele. “Eu escutei ele dizer lá dentro [da delegacia] que eu tinha jogado um copo na cabeça dele, que eu tinha agredido ele também. Eu fiz exame de corpo de delito, e ele também”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui