Em Sena Madureira Campanha de combate ao suicídio é iniciada

0
46

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS) deflagrou na última sexta-feira (2) uma campanha denominada “setembro amarelo” que visa, primordialmente, prevenir o suicídio. Inicialmente foi promovida uma caminhada na área central da cidade, mas as ações irão se desdobrar para outros locais, inclusive na zona rural.

A campanha tem como lema “A vida é a melhor escolha”. “Ao longo do mês iremos visitar escolas fazendo um amplo trabalho de conscientização. Além da zona urbana, também estaremos em algumas comunidades da zona rural. O foco principal é discutir o tema relacionado à saúde mental, destacando sua importância”, comentou João do Arco-íris, coordenador do Caps em Sena.

A senamadureirense Aldileide Vieira ainda hoje sangra com a perda da filha precocemente. A adolescente entrou em um jogo virtual e conheceu um indivíduo de outro Estado. Mesmo à distância, os dois passaram a se relacionar. Por conta do fim do “namoro”, a adolescente se suicidou.

“Você estava cega, minha filha. Eu fiz de tudo pra tirar você desse jogo virtual que acabou com a gente. Você dizia que estava feliz nessa vida virtual e conheceu esse rapaz que atrapalhou no seu tratamento. Você parecia estar melhorando, não me deu sinal de nada e agora a minha vida é sofrer porque eu não consegui te salvar disso. Uma parte de mim entende sua partida, a outra parte morre de saudades de você. Te amo pra sempre, filha”, postou Aldileide em seu facebook.

Ela aproveitou para fazer um alerta: “Pais e mães, cuidado com os jogos virtuais, com suas crianças, pois pode ser tarde pra tentar tirar. Esses jogos são perigosos, nossos filhos são manipulados em até ficar contra a gente pra não serem tirados dos jogos conversando com pessoas desconhecidas”.

De acordo com a psicologia, são vários os fatores que levam uma pessoa a por fim à própria vida, dentre os quais: Separação, perda do emprego, depressão e outros.

Situado ao lado do INSS, o CAPS de Sena Madureira oferece atendimento para os moradores que apresentam algum problema relacionado à saúde mental. O Centro conta com a presença de duas psicólogas e há também o atendimento periódico do psiquiatra. “Recomendamos às pessoas que atravessam algum tipo de problema nesse sentido para nos procurar. Não fique sozinho, procure ajuda”, finalizou João do Arco-íris.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui